OS CRITÉRIOS DE QUALIDADE


OS CRITÉRIOS DE QUALIDADE

Lembre-se que o PREÇO DE VENDA não é a COTAÇÃO DO CATÁLOGO

No site www.oselo.com.br adotamos os seguintes critérios relacionados à qualidade dos selos.

SAIBA MAIS....

Ler mais

TÍTULO - Fator de sucesso de uma coleção competitiva


TÍTULO -  Fator de sucesso de uma coleção competitiva

O primeiro passo para sair do puro “colecionismo” e montar uma coleção competitiva é definir seu título.

A definição de um título é uma função do tema que você acumula, daquilo que você mais entende (CONHECIMENTO e PESQUISA valem 35 pontos), daquilo que você mais gosta (seu prazer é "priceless" na filatelia).

No casamento do material com o título escolhido começa a montagem de uma coleção competitiva. A exemplo de todo casamento o entusiasmo inicial passará por crises. Algumas crises nas coleções Tradicionais tem mais fácil superação. Na História Postal e Temática pode haver mais briga e até divórcio.

Na vida de uma coleção Tradicional o expositor se casa com o Catálogo. Na História Postal e Temática se casa com o Título.

A importância do título escolhido, sua originalidade e sua integração com o material apresentado são fatores críticos de sucesso na avaliação de uma coleção.

 A definição de um título para uma coleção esta intimamente amarrada à disponibilidade de material, ao poder aquisitivo para adquirir o material crítico, à definição do “time range” da coleção e, principalmente, escrever a página introdutória. Ir montando uma coleção e deixar para escrever a página de introdução na véspera da Exposição seguramente trará grande desapontamento.

Não definir um título com este rigor fara o filatelista perder o foco. Fará o expositor jogar dinheiro fora na aquisição de material inadequado ao tema.

Um título é a coletânea de SUBTÍTULOS os quais são os capítulos de uma história. Subtitulos são a dinâmica entre o Material e o Tratamento (só para lembrar TRATAMENTO vale 20 pontos). Subtítulos definem o equilíbrio do material dentro da coleção e a “mancolista” do expositor.

A seleção do titulo de uma coleção é ainda fator determinante na pontuação da mesma em termos de RARIDADE (20 pontos) e IMPORTÂNCIA (10 pontos). A escolha de um título dentro do qual não caibam Raridades, ou quando estas são inacessíveis é o caminho certo para nunca se chegar a um Ouro Grande. A escolha de um título muito especifico, de um tema muito especializado, uma região insignificante, uma emissão sem charme filatélico podem até trazer satisfações na pontuação sobre Conhecimento mas não contribuem para alcançar os 10 pontos na Importância.

O titulo de uma coleção é também o fator determinante nas DECISÕES DE COMPRA de material durante a vida útil de uma coleção. A aquisição de uma peça é o compromisso entre preço, raridade, estado, beleza e.. principalmente seu significado no contexto. Uma peça bonita, rara, barata mas sem uma interação forte com o título talvez não deva ser adquirida. Uma peça que ilustra maravilhosamente o título e fundamental no "storyline" deve ser adquirida mesmo com um preço acima do mercado.

Artigo de Everaldo Santos

Expositor Internacional

Jurado FIP

Pesquisador da filatelia sul americana

e um dos maiores representantes da nossa filatelia, reconhecido internacionalmente.

Ler mais