COTAÇÃO E PREÇO


COTAÇÃO E PREÇO

Diversas pessoas têm dificuldade de entender a diferença entre a cotação apresentada no catálogo e o preço de venda de um selo.

Vejamos, por exemplo, o selo de 280 réis vermelho emitido em 1861. É o selo RHM nº 21 cuja cotação apresentada para um exemplar carimbado é de UF 210 (no dia de hoje cerca de R$ 770).

Este selo nasceu para atender às remessas de cartas enviadas do Brasil para a França. Ele era recortado com tesoura e afixado na missiva. Posteriormente alguém retirou o selo da carta (lavando ou arrancando) e guardou.

Claro que este tipo de selo pode apresentar defeitos, rasgos, dobras, furos bem como, em casos raros, margens grandes, cantos de folha, carimbos especiais e sem defeito.

No site www.oselo.com.br podemos verificar como a qualidade muda o valor e para isso peguei quatro exemplos (ilustrados abaixo).

1861 – 280 REÍS COM CARIMBO – RHM Nº 21 – S70797

280 réis com carimbo de pontos, poucas margens e “aminci” (afinamento do papel) por R$ 74,00. 

1861-280 RÉIS CARIMBADO-Nº.21

 

1861-280 réis carimbado, “aminci” (afinamento do papel) na margem inferior, boas margens por R$ 407,00.

1861-280 RÉIS CARIMBADO-Nº.21-S16585

1861-280 réis carimbo âncora e sem defeitos por R$ 555,00.

1861-280 RÉIS- PARA QUEM CONHECE-Nº21-S13603

1861- 230 réis “colorido”, carimbo circular preto, sem comentários por R$ 2.220,00.

O primeiro deles vale 9,50% da cotação e o melhor 2,85 vezes o valor do catálogo. O exemplar pobre custa 3,3¨% quando comparado ao exemplar de luxo. Já o exemplar de R$ 555,00 é como se espera de um exemplar com a cotação do catálogo. Uma peça sem defeitos, boas margens e com certificado de autenticidade.

Acredito que com estes exemplos será possível ver que cotação e preço são coisas muito distintas.

Equipe RHM – 70 anos

Este artigo foi escrito quando a UF era igual a 3,70.